O Mundo Está Mudando E Você?

Muito tem se falado sobre o futuro das profissões, que muitos postos de trabalho irão ser automatizados e com isso, muitos empregos e profissões vão desaparecer.

0 505

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Muito tem se falado sobre o futuro das profissões, que muitos postos de trabalho irão ser automatizados e com isso, muitos empregos e profissões vão desaparecer. A cada instante são realizadas novas descobertas, novos métodos e técnicas de produção que afetam o trabalho, a vida e os negócios; as pessoas trocam as suas preferências a cada instante; modas e estilos variam cada vez com maior velocidade. Esses são apenas alguns reflexos de que o mundo está mudando e as transformações continuarão acontecendo.

Se você é alguém que busca estabilidade, sinto informar: a vida não é estável e o mundo em que vivemos também não

O conceito de estabilidade se dá por algo que não muda, que é permanente, que não tem variação, ou seja, algo que permanece sempre igual. Até aqui, ok? Ok! Eu particularmente, fico bastante inquieta quando escuto essa palavra, para mim é muito contraditório acreditar nisso, basta analisar a velocidade em que as coisas mudam.

Tudo tem seu começo, meio e fim. A gente nasce e um dia morre, e, durante esse intervalo sofremos diversas mudanças físicas e/ou psíquicas. Todo dia surge uma tecnologia diferente, mudam-se as cadeias produtivas, atualizam-se os sistemas, nascem empresas enquanto outras vão à falência, surgem outras necessidades e com isso, surgem novos produtos e/ou serviços. Ou seja, tudo está mudando constantemente. Até agora não consegui enxergar nada estável, cada ação vai gerar uma reação. Cada causa, um efeito. Então, como acreditar em estabilidade num mundo que muda a cada segundo? Para mim não faz sentido.

Estamos na quarta revolução industrial

A quarta revolução industrial se destaca pela convergência de tecnologias digitais, físicas e biológicas e tem mudado (e continuará mudando) a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. Estamos diante de uma transformação jamais experimentada antes. Os rumores de que o mundo acabaria em 2012, de fato se tornou verdade. Um novo mundo nasceu: mais complexo, mais rápido, com muitas novidades e infinitas possibilidades.

Esse novo mundo apresenta a você: automatizações, nanotecnologias, neurotecnologias, robôs, inteligência artificial, biotecnologia, sistemas de armazenamento de energia, drones, impressoras 3D, internet das coisas, computação na nuvem, entre tantos avanços. E certamente, quem se beneficiará com todas essas transformações são aqueles que forem capazes de se adaptar, de inovar e se reinventar.

 “Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças”. (Charles Darwin)

Nesses tempos em que a mudança é a única certeza que a gente tem, se faz necessário refletir qual tem sido nossa postura no dia a dia.

Como você lida com as mudanças? Assiste, resiste ou participa delas?

Está disposto a aprender? E a reaprender?

Quanto você tem investido para se atualizar?

Mudanças: resistir ou se reinventar?

Quantas pessoas já foram “substituídas” por profissionais mais qualificados? Ou até mesmo, quantas atividades que eram feitas manualmente foram automatizadas? Esses são apenas alguns reflexos de um mundo que muda e que se move de maneira rápida e ágil. E aí, o que você pretende fazer: resistir ou se reinventar?

Diante de um mundo que muda o tempo todo, a saída mais inteligente e produtiva é absorver as mudanças à nossa volta e derrubar as nossas certezas. E perceber que somente quando nos livramos das nossas verdades absolutas é possível estar conectado a milhares de possibilidades.

Qual sua opinião sobre todas essas mudanças e transformações? Deixe sua contribuição nos comentários. ?

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.