fbpx

Como Fazer o Ano Ser Realmente Novo?

O final de mais um ano se aproxima e um novo ano está prestes a dar início. Quantas promessas você fez para este ano? Emagrecer, guardar dinheiro, estudar, ler mais livros, aproveitar melhor os relacionamentos…Porém, quantas de fato cumpriu? Quantas foram deixadas para trás?

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

Faltou dinheiro, faltou tempo, as pessoas que convivo não ajudaram, muitas situações aconteceram (inclusive ter sido acometido pelo mal da vitimização). De fato, ao longo de 365 dias acontecem muitas coisas, situações inesperadas da qual não podemos controlar e muitas vezes nem imaginar que pudessem acontecer. Sim, tudo isso é verdade! Mas é importante lembrar que TODA SITUAÇÃO sempre nos dar condição de reagir, basta estarmos conscientes que somos responsáveis pelas decisões e/ou ações que tomamos e que deixamos de tomar, também.

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

Por isso, é muito comum ouvir e mais confortável admitir que: “Esse ano não foi tão bom, mas ano que vem será o melhor ano da minha vida”. E assim, projetamos para o ano seguinte as melhorias que já deveríamos ter iniciado. E fica a seguinte pergunta: O que fazer para que o ano seja realmente novo? Será que só a mudança no calendário é suficiente para que o ano seja melhor ou mudar nossos comportamentos, ações e decisões são necessários?

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

Se quiser que o ano seja realmente cheio de conquistas, sucesso, prosperidade e saúde é preciso tomar atitudes diferentes das que você teve até hoje. Afinal, já dizia Einstein: “Loucura é querer resultados diferentes fazendo tudo exatamente igual”.

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

Este é um período bastante apropriado para uma profunda autoanálise. Refletir os rumos da nossa vida, aonde queremos chegar e ajustar a rota para que os nossos desejos possam se concretizar. Principalmente, porque é nesta fase do ano que geralmente, analisamos as nossas conquistas, renovamos as nossas esperanças e fazemos novos planos.

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

Mas, que atitudes posso ter se as coisas saírem dos trilhos e impedir que minhas promessas deixem de se cumprir de novo?

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

1. Assumir total responsabilidade pelo resultado de todas as nossas ações e/ou omissões.

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

Errar e acertar é sempre parte do nosso próprio aprendizado. Temos que fazer uma análise responsável de quem nós somos, de quem queremos ser, que traços “negativos” da nossa personalidade estão nos prejudicando e precisam ser eliminados ou ajustados.

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

O destino é o resultado do que fazemos com o nosso tempo a cada hora, a cada minuto, a cada segundo. Por isso, temos que aprender a escolher aonde queremos chegar. Afinal somos o resultado de nossas escolhas.

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

2. Entender como gerir nosso tempo.

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

Para que nossa vida seja mais equilibrada e focada em resultados verdadeiros, gerenciar o tempo é fundamental. Se eu penso ser capaz, sinto ser capaz, então eu ajo com mais motivação e começo a agir cada vez mais ao invés de ficar procrastinando.

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

Confie em si, acredite que você é capaz de fazer o seu próprio destino e chegar ao final da jornada dizendo que seu ano foi maravilhoso.

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

3. Desafiar-se, ousar seguir seus sonhos e sonhar alto.

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

O maior desafio que colocamos a nós mesmos é mudar nossos padrões mentais de procrastinação, autojulgamento, autossabotagem e incapacidade. Que medos e limites estão o impedindo de prosseguir o rumo desejado?

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

O melhor ano de todos começa exatamente agora, com a forte decisão de mudar tudo o que for preciso dentro de nós. Precisamos vencer nossos medos, limites e nossos inimigos internos. Lembre-se: seus medos têm o tamanho que você acredita que possuem.

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

Você escolhe dar o próximo passo para fazer de 2019 o melhor ano de sua vida. Fazer o ano ser: bom, ótimo ou excelente, depende de cada um de nós. O seu destino é você quem faz!

[bs-white-space desktop-ws=”10″ tablet-ws=”10″ mobile-ws=”10″][/bs-white-space]

Nathalia Correa
Nathalia Correa
Em constante busca pela alta performance, evolução, qualidade de vida, nutrição e DESENVOLVIMENTO HUMANO. Nutricionista Funcional comportamental.
Posts Relacionados
5 Dicas Para Seguir Com As Promessas de Ano-Novo

Segundo uma pesquisa americana, até 92% das famosas promessas de ano-novo acabam falhando — nos Estados Unidos, por exemplo, as pessoas tendem a desistir de 80% de seus votos já em fevereiro. Não sabemos quais são esses dados aqui no Brasil, mas claramente pode-se perceber que é comum as pessoas realizarem diversas resoluções de ano-novo […]

Leia mais