fbpx

Descubra O Lado Ruim Da Liderança

Orgulho, atrevimento, empáfia, insolência, soberba, vanglória e petulância… Esses são somente alguns dos sinônimos para o conceito de arrogância. Um adjetivo que, infelizmente, cega as pessoas fazendo com que estas tenham atitudes e comportamentos de soberba, por se acharem superiores às outras.  Ora, será mesmo esse o caminho para ser um líder de sucesso? Não. Não é mesmo! Não seja um líder arrogante. A arrogância vai te cegar ao ponto de fazer você enxergar só o que lhe convém, e cá pra nós, isso não é bom.

Para exemplificar isso, vamos imaginar uma situação: Você acaba de ser nomeado em uma empresa para ser diretor de uma grande equipe. Fica feliz, mas ao mesmo tempo preocupado. “Será que eu vou dar conta? E se eu falhar? O que minha equipe vai pensar de mim?” A insegurança toma conta de você. Por outro lado: “Eu sou o todo poderoso.” “Eu que mando em vocês”. “A decisão final é minha”… Você passa a assumir uma posição que de fato é a sua. Porém, o poder te subiu a cabeça e você então, passa a se tornar um líder arrogante. A partir de agora, eu mando, eu faço, eu tenho, eu posso e eu sou!

Você passa a destratar sua equipe, não a ouve, sempre acha que está certo e suas opiniões são as corretas. Você espera dos outros obediência, submissão e passividade. Não aceita ideias contrárias as suas e se baterem de frente com você: é rua! Afinal de contas, é mais fácil viver rodeado do cordão dos “puxa-saco” do que ter alguém que te questione, te confronte até sugar suas energias e mostrar de fato quem você é: Apenas mais um coitado inseguro, vivendo numa ilusão de sucesso.

E como isso afeta a empresa? Essa pergunta tem uma resposta fácil. É só parar e observar seu ambiente de trabalho. Será que a sua equipe está motivada para planejar e cumprir suas atividades? Aposto que não. Será que tem funcionários pedindo demissão por não suportar trabalhar com um líder ditador e egocêntrico? Aposto que sim. Esses fatores geram um clima tão grande de insatisfação no trabalho que a própria empresa é que sai perdendo, sendo ultrapassada por outras. Competência zero! Aposto ainda, que nem seus funcionários preferidos (aqueles que “puxam o saco” do chefe) devem o suportar. Mas, fazem a cena, claro.

Um líder de sucesso não precisa disso. Apenas seja humilde. Reconheça seus erros. Ouça a sua equipe. Não deixe que o poder te suba a cabeça. Não estimule o crescimento de pessoas arrogantes. Aprenda com os seus liderados e cresça junto com eles. Caso contrário, a solidão e o fracasso serão os seus novos funcionários.

Lembre-se sempre: “Quanto mais arrogante e prepotente o profissional, maior a probabilidade de falta de competência ou talento deste, ocultado por estas máscaras.” Mônicka Christi

Marcos Mendes
Marcos Mendes
Posts Relacionados