Saiba como Ingressar em Universidades Estrangeiras

Se o objetivo é passar um temporada fora  para estudos e conhecimento de outras culturas mas o valor dos intercâmbios por agências não são atrativos, saiba que mesmo com cortes significativos nas bolsas oferecidas pelo Governo Federal, em especial  no programa Ciências sem Fronteiras, ainda é possível colocar em prática a ida ao exterior.

Estar antenado ao que está sendo oferecido é a principal dica. O importante é que o candidato interessado em oportunidades fora do Brasil esteja sempre acompanhando possibilidades fora. Fique atento aos sites governamentais de outros países, pois existem acordos internacionais que promovem o intercâmbio de estudantes, assim o candidato pode encontrar bolsas pouco divulgadas para brasileiros, logo as chances aumentam. A Holanda, por exemplo, através da Orange Tulip Scholarship oferece bolsas para graduação e pós (MBA ou mestrado).

Outro ponto relevante é o estudo de tais informações. Esteja ciente de que muitas notícias sobre bolsas estarão em outras línguas, especialmente em inglês (a grande maioria), assim, para que você entenda perfeitamente o que está sendo exigido como pré-requisito e como funciona a candidatura. A leitura com calma e um estudo sobre aquela publicação é muito importante.  Governos do Canadá, por meio da International  Scholarship Opportunities for Noun Canadians, e China sempre publicam notas sobre bolsas para estudantes de excelência acadêmica em diversas áreas.

Vale  a pena ficar de olho nos sites do CNPq e CAPES, esses em especial destinados a quem realiza pesquisa. As páginas da Fulbright Brasil e Estudar Fora são bons locais para se adquirir informação também, e é claro, no Blog do Inspirando Jovens de Sucesso  que tem o compromisso de trazer, não só dicas de onde se interar das oportunidades, mas de informar nossos leitores das bolsas disponíveis no Brasil e no mundo.

Ana Kauane Cruz
Ana Kauane Cruz
Ana atualmente estuda Engenharia Elétrica, começando a graduação no Brasil na Universidade Federal de Itajuba e atualmente estudando na Europa. Aos 19 anos foi para o LHC, o maior acelerador de partículas do mundo, fui integrar o time de brasileiros que trabalham no CMS.
Atualmente está terminando a graduação e tocando uma startup que surgiu em 2018, através do YSI, uma organização Norueguesa que auxilia no desenvolvimento de startups sustentáveis.
Posts Relacionados
Inscrições Abertas para Bolsa de Intercâmbio “Fórmula Santander”

Estão abertas até o dia 20 de setembro as inscrições para o Programa de Bolsas Fórmula Santander, realizado pelo Santander Universidades. Serão ofertadas 100 bolsas de estudo no valor de 5 mil euros a estudantes de graduação e pós-graduação que desejem estudar no exterior por um período de seis meses. Os candidatos poderão escolher em qual instituição de ensino […]

Leia mais
Tudo que Você Precisa Saber sobre Intercâmbio

Olá queridos leitores, Na terceira parte dos meus relatos, conto sobre aeroportos, sobre os primeiros dias nos EUA e o choque cultural que a maioria dos intercambistas têm ao chegar à um país diferente.   Aeroportos Se você estiver saindo do Brasil e indo para alguma cidade pequena, você provavelmente fará uma conexão entre seus […]

Leia mais