fbpx

7 Maneiras Eficazes para Aprender um Novo Idioma

É comum ouvir comentários dizendo que crianças aprendem idiomas com mais facilidade do que adultos, no entanto, estudos feitos em 2010 provaram que, de fato, os adultos também são grandes aprendizes de novas línguas.

Diversos poliglotas, em conversas sobre o aprendizado de línguas, comentaram que a maioria dos  bloqueios no caminho da aprendizagem são puramente mentais. O conselho é simples: aproxime-se da língua como se realmente fosse uma criança, sem medo de cometer erros. Tente realmente viver o idioma, ouvindo música, assistindo filmes estrangeiros, etc.

Assim como no aprendizado de qualquer coisa, fazer  dele um hábito certamente faz toda a diferença. Dedique 30 minutos por dia (seja no ônibus,  metrô, esperando na fila ou antes da dormir) e você observará grandes avanços. Muito provavelmente você não aprenderá todas as palavras do idioma, por isso ajuste o idioma para a sua vida e faça-o relevante para você.

Aqui estão sete maneiras de aprender um novo idioma:

1) Assista filmes com legenda

Uma maneira de tornar a língua divertida e “viva” é assistindo filmes legendados (ou não) e com o áudio na língua a ser aprendida. Você se familiarizará com os sons, padrões e ritmos da linguagem, e ainda poderá aprender sobre cultura. Essa é uma boa maneira de transformar uma atividade relaxante em um ampliamento de horizontes e vocabulário.

2) Baixe aplicativos

Desfrute de aplicativos que ensinam línguas. Essa é uma maneira barata (e muitas vezes sem custo algum) de investir no aprendizado de um novo idioma, e que pode ser bastante produtiva. Aproveite para passar um pouquinho do seu tempo livre utilizando o aplicativo. (Recomendação: Duolingo)

3) Jogue

Aprender deve ser divertido. Procure jogos que encoraje erros e engajamento. Estudar nem sempre é emocionante, então torne a experiência mais atrativa. Jogos online podem ser uma boa alternativa para conversar com pessoas nativas da língua que deseja aprender.

4) Aprenda assistindo vídeos ou séries, ouvindo música e lendo.

Busque “trocar de idioma” ao fazer algumas atividades durante o dia. Procure estar em contato com a língua a ser aprendida todos os dias, e se possível todas as horas. A eficácia do aprendizado depende muito da quantidade de horas dedicadas à nova língua.

5) Use etiquetas

Para aprender vocabulário cotidiano, etiquetar objetos pela sua casa pode ser uma boa alternativa. Pode parecer estranho no começo, mas essa estratégia realmente funciona. Você aprenderá muitas palavras sem perceber.

6) Use aplicativos com comparações de fala

Babbel pode te ajudar a se concentrar em aspectos relevantes do idioma. Os diálogos interativos são uma grande ajuda no aprendizado, seja na leitura, fala ou na pronúncia correta.

Utilize de aplicativos de tradução e fala para tirar dúvidas quanto a escrita e pronúncia sempre que necessário.

7) Utilize materiais didáticos

Hoje temos grande facilidade na aquisição de produtos, por isso invista em materiais como livros e cds. Você não precisa necessariamente comprar “tal”material. Se algum conhecido seu o possui, aproveite para reutilizá-lo. E não se esqueça de um dicionário!

Conheça a melhor maneira de aprendizado que funciona para você e adapte-se a ela. Cada pessoa tem um ritmo diferente e ultiliza diferentes ferramentas para aprender, por isso utilize o tempo necessário para atingir a fluência na língua que deseja.

Bons estudos!

Milena Correale
Posts Relacionados
Autorrealização: A Importância De Viver Com Propósito

Fala minha galera inspiradora, tudo bem com vocês? Que tal começarmos este novo ano dando um passo maior na busca da nossa satisfação pessoal?  Algo me diz, que muitos jovens leitores desse blog já estão planejando o caminho que vão levá-los na direção da sua auto realização. Sendo assim, esse tema não poderia passar em […]

Leia mais
10 Coisas Que Eu Deveria Saber Quando Tinha 20 Anos

Você mal ingressou na fase adulta e já morre de saudades da infância. Como era legal não se preocupar com a carreira, com o futuro, escolher uma profissão, entrar numa faculdade sem saber se escolheu o curso certo, ter contas para pagar, assumir responsabilidades. Enfim, virar adulto e aceitar todas as obrigações que essa nova […]

Leia mais