Cuidado Com Suas Emoções, Elas Podem Se Voltar Contra Você!

0 520

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Já vi e ouvi muitos relatos sobre o que resulta a demissão de um funcionário: o comportamento. Sim, já vi muita gente de alto potencial ser mandando embora porque apresentava uma postura totalmente inadequada, perante situações em que o comportamento tinha mais valor do que toda competência técnica que a pessoa trazia em sua trajetória profissional.

De fato, é muito fácil encontrar pessoas com milhares de cursos e formações, o desafio mesmo é encontrar pessoas com controle emocional. Capacitar um profissional com algum problema técnico em relação a função que irá desempenhar é possível, porém sanar “desvios” comportamentais é bem mais complexo.

Cada ser humano carrega consigo inúmeras vivências, traumas, perdas, conflitos; sofre diversas influências e consolida boa parte da sua personalidade através da sua estrutura familiar. Todas essas variáveis podem contribuir ou não para formação desse indivíduo e repercutir positivamente ou negativamente, por todas as áreas da sua vida.

Normalmente, pessoas que apresentam alguma dificuldade de estabelecer relacionamentos interpessoais saudáveis, passaram por algum tipo de trauma ou cresceram num ambiente familiar “desajustado”. E quando as experiências negativas que vivemos não são ressignificadas, inconscientemente reproduzimos comportamentos nocivos nas relações que estabelecemos, seja no âmbito pessoal ou profissional.

O filósofo Jean Paul Sartre em um de suas citações afirma que: “Não importa o que fizeram com você. O que importa é o que você faz com aquilo que fizeram com você.” Stephen Covey,  aponta que: “A vida é 10% do que acontece com você e 90% de como você reage a isso.” Vamos parar uns minutos e refletir sobre isso?

Cuidado com suas emoções

Emoções são sensações físicas e emocionais provocadas por algum estímulo externo e que leva uma pessoa a reagir diante de um acontecimento.

É impossível controlar tudo o tempo todo. Inevitavelmente, vamos encontrar diversas pessoas, viver diversas situações, boas e ruins, mas que sem dúvidas irão nos moldar e de certa forma, influenciar nossos próximos passos. A grande sacada aqui é reconhecer que tipos de emoções estão guiando sua vida.

Lembrar que sempre temos escolha é a regra número 1 para não cair na armadilha da vitimização. Eu fiz isso porque fulano fez aquilo e assim, terceirizar a sua responsabilidade de reação sobre o pretexto do comportamento do outro. O outro é o outro e você é você, independente de qualquer coisa. E portanto, é importantíssimo filtrar o que é seu e o que é do outro.

O peso do passado

Segundo Damaris Flor: “Não saber dizer adeus é ruim para o cérebro, que fica fabricando os mesmos hormônios tóxicos que fabricou no momento real do acontecimento.” Ela defende que saber dizer adeus é o primeiro alicerce do controle emocional.

As pessoas emocionalmente maduras sabem que a vida fica mais leve quando se vive sem o fardo do passado. Ao ficar preso ao passado, você impede fechar ciclos, fechar portas e curar as feridas emocionais…Seguir em frente e virar as páginas é preciso! O que aconteceu não pode ser modificado, apenas o que acontece no hoje, no agora. Ninguém pode estar no presente e no passado ao mesmo tempo!

Quem não gerencia suas dores do passado pode perder muitas oportunidades. Pode arruinar relacionamentos, deixar de conquistar uma promoção, comprometer a saúde e levar uma vida infeliz.

Se você reconhece que alguma dor do passado te limita, te impede de “rodar” a sua melhor versão, busque ajuda. Reconhecer suas limitações não faz de você um fraco e sim, uma pessoa de muita coragem e que tem muita força. Não existe uma receita mágica, cada um usa a ferramenta que lhe convém, mas vou compartilhar algumas alternativas: terapia, constelação familiar, investir em autoconhecimento, ser adepto de alguma religião, meditação, etc

E não esqueça: Cuidado com suas emoções, elas podem se voltar contra você!

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.